Liderança – Como gerenciar conflitos na equipe

Olá Empreendedor(a)! Olá Líder! Enfrentando muitos conflitos?

Um desafio enfrentado diariamente pelos líderes de empresas, organizações e instituições é a gestão dos conflitos que surgem no cotidiano do trabalho em equipe.

Por mais que os profissionais estejam em harmonia e sejam compreensivos, evitar conflitos, vez ou outra, nem sempre é possível.

Diante desses acontecimentos não tão agradáveis, cabe ao líder da corporação gerenciar essas situações e devolver o clima amigável ao ambiente de trabalho.

O gerenciamento desses conflitos é uma das principais tarefas de um líder, isso porque é fundamental que os conflitos internos sejam resolvidos o quanto antes, para que o desenvolvimento e a imagem externa da empresa não sejam afetados.

Dessa forma, o empresário ou líder deverá solucionar de forma eficiente essas situações conflituosas, pois uma vez que esses problemas chegam ao conhecimento público, o trabalho para reverter essa imagem negativa será muito maior.

Resolver esses problemas nem sempre é uma tarefa fácil, pois exige muita paciência e muita compreensão, tanto por parte do líder, quanto dos demais funcionários.

Mas também não é uma missão impossível.

O mais importante é resolver tudo imediatamente, pois tentar disfarçar um clima harmonioso só trará mais complicações no futuro.

Veja algumas dicas de como manter um ambiente de trabalho agradável e resolver os possíveis conflitos que possam surgir.

gerenciar conflitos na equipe

1 – Agir no tempo certo:

Como já foi dito, o problema nunca deverá ser deixado para ser resolvido depois, ainda mais se há um consenso por parte de toda a equipe que existe um conflito.

Tentar disfarçar e forçar um convívio amigável não é uma boa opção.

O melhor a se fazer é reunir todos os funcionários, esclarecer a situação e procurar a melhor forma de resolvê-la.

2 – Conheça os limites individuais:

Uma importante capacidade que deve ser adquirida pelo líder é entender a limitação de cada funcionário, pois cada um age de uma forma diferente diante de um conflito.

Conhecer essas características próprias de cada um é fundamental para que o líder saiba agir e direcionar a resolução do problema da melhor forma possível.

3 – Não abusar da autoridade:

Isso é muito falado em liderança

Apesar de você ser o líder, aja como um membro da equipe.

Usar da autoridade em excesso, nestes casos (talvez até na maioria dos casos), só poderá piorar a situação.

É importante saber ouvir as ideias dos demais funcionários e respeitar a posição de cada um.

Impor algo com comportamentos extremos não é uma boa posição a ser adquirida.

4 – Estabelecer uma comunicação eficiente entre toda a equipe:

Um dos pontos importantes também na hora de resolver um conflito é manter todos os membros cientes da situação e atualizá-los a cada novidade que surgir.

Uma boa comunicação evita que o conflito se agrave e ainda possibilita que todos tenham conhecimento do que, de fato, está acontecendo, e possam contribuir para resolvê-lo mais rapidamente.

5 – Evitar os conflitos (é, pois é):

Por fim, a melhor forma de resolver os conflitos é evitá-los.

Muitos conflitos surgem por detalhes, como a falta de comunicação interna, por exemplo.

É fundamental que você esteja, a todo momento, atento ao seu ambiente de trabalho.

Preste atenção em todos os detalhes, pois isso te ajudará a identificar os conflitos antes mesmo que eles aconteçam.

É isso!

Essas dicas irão direcionar suas atitudes no dia a dia seja como empreendedor(a) ou como líder, pois realmente não é fácil lidar com algumas situações cotidianas, mas precisamos nos esforçar para termos o melhor convívio e assim, melhor qualidade gerando um ambiente mais produtivo.

Abraços e até o próximo!

Cadastre seu e-email e receba nossos artigos. Milhares de pessoas já estão recebendo, não fique de fora!!

Mario Cesar Massaro Rivera

Sócio na Amber Sistemas e fundador do blog startando-se onde fala sobre empreendedorismo, produtividade e liderança, com o objetivo de ajudar e inspirar pessoas.

Website: