Como equilibrar planejamento e atitude

Planejar é uma parte importante e fundamental de todos os processos, mas na prática os empreendedores experientes e bem sucedidos afirmam é preciso ter coragem para enxugar essa etapa e colocá-la em prática mais rápido do que a previsão.

Planejamento é algo que costuma ser demorado, e quando chega a hora de colocar em prática é comum perder o momento certo. Tudo porque o mercado muda, assim como a concorrência e todo o cenário então planejado. Logo, é imprescindível saber a hora de resumir as etapas e decolar antes de perder a ocasião.

Saber a hora de planejar e agir

empreendedor planejar e ter atitude

O planejamento é a forma que a empresa tem para se organizar, detectar seu público alvo, seus objetivos e suas metas. Mas na prática, focar somente no planejamento e se envolver com pesquisas e análises por muito tempo faz a empresa ficar perdida no mercado, sem orientação.

Um empreendedor sabe que perfeição é uma utopia e identificam o problema não pelo erro, mas em não aprender com ele. Eles focam no aprendizado e nas lições boas e ruins sobre as experiências realizadas, não somente nas metas e no desempenho.

E para tomar atitudes empreendedoras, é preciso ter segurança em três itens: competência, dinheiro e afeto. Um empreendedor sabe que tem conhecimento suficiente para conseguir aprender com todas as experiências que viverá no dia a dia do negócio, e não fica preso a fazer inúmeros cursos para que consiga tomar decisões.

Com relação ao dinheiro, a visão do empreendedor é que todo investimento é uma oportunidade de ganho e não de perda, apesar dos riscos que todo negócio corre.

Já sobre o afeto, a indicação é muito mais emocional e vem de posturas familiares. Como os pais que encorajam os filhos a fazer do seu próprio jeito e, caso errem, podem contar com o apoio deles para ajudar.

Esse é o tipo de incentivo importante para quem era um futuro empreendedor arrojado e corajoso. O medo de arriscar e só agir com segurança, são fatores que os desencorajam.

O empreendedor do futuro

planejamento empreender

Outro ponto que difere os empreendedores dos não empreendedores são os pilares que utilizam para equilibrar planejamento com atitude.

O empreendedor utiliza a inspiração, a vontade, a ideia, o projeto, o negócio, a empresa e o organismo distribuído e auto-organizado por equipes inovadoras e modernas.

O tão almejado equilíbrio vem em saber utilizar a inspiração, vontade e ideia, que se caracterizam como bases do planejamento, com o projeto, negócio e a empresa, que são a sua execução. Sendo que a parte inicial representa apenas uma pequena porcentagem de todo o processo.

Muito da linearidade dos processos gerenciais vem do arquétipo industrial e suas linhas de montagens milimetricamente ordenadas. Os fluxos, departamentos e profissionais que repetem previsivelmente suas ações diárias, o que não se encaixa a tecnologia não linear, multidisciplinar e até imprevisível em muitos momentos.

Os empreendedores focados no mundo digital e em todas as facilidades práticas e humanas que ele proporciona, concebem uma empresa com fluxos não lineares e uma fluidez real entre os departamentos, através da conexão virtual e pessoal.

Cadastre seu e-email e receba nossos artigos. Milhares de pessoas já estão recebendo, não fique de fora!!

Mario Cesar Massaro Rivera

Sócio na Amber Sistemas e fundador do blog startando-se onde fala sobre empreendedorismo, produtividade e liderança, com o objetivo de ajudar e inspirar pessoas.

Website: