A importância do feedback

No ambiente corporativo a comunicação é essencial. A pessoa que exerce o papel de líder necessita estar bem próximo de seus liderados.

Um instrumento primordial para que o líder mantenha a comunicação e extraia o máximo do potencial de seus liderados é o feedback.

Mas é preciso muito cuidado, pois o feedback pode sim elevar a performance de sua equipe, é para isso que tem que ser utilizado, é claro,  mas também pode dar resultados negativos e diminuir o engajamento.

O bom líder precisa saber não só avaliar cada indivíduo que lidera, como também precisa mostrar o caminho da melhoria ou da continuidade, precisa saber treinar sua equipe, só assim o feedback é construtivo e gerará resultados.

Feedback tem que ser dado constantemente

liderança

Não precisa ter dia e hora marcada para a famosa reunião com o chefe.

É no dia a dia que o líder tem que transmitir a segurança, o ensinamento e fazer com que seus liderados se sintam inspirados para trabalharem, cheios de vontade.

Acho de grande valia fazer um bate-papo rápido toda manhã elogiando o desempenho, compartilhando sucesso e verificando se alguém está com algum impedimento para continuar o trabalho.

Claro que vai ser preciso, em vários momentos, dar um feedback negativo para a equipe ou para um ou outro colaborador.

Nessa hora, é necessário total destreza do líder, já que a pessoa que vai receber o feedback negativo pode levar para o lado pessoal e ficar com algum ressentimento.

A dica é encontrar um lugar neutro, escolher bem as palavras e mostrar como podem, juntos, melhorar, mostrando caminhos e alternativas, se for o caso.

Um aspecto delicado, mas também muito importante, é que o líder precisa estar atento também a vida pessoal dos seus liderados.

O colaborador pode estar perdendo produtividade por conta de algum motivo pessoal, e uma boa solução  pode ser a compreensão e o apoio do chefe para tentar que o colaborador resolva ou diminua seu problema.

Outro ponto importante é que o líder pode até ser amigo, mas deve estabelecer limites para exercer o seu papel profissional.

Essa relação precisa ser muito bem dosada, o líder deve deixar claro para seus liderados que vocês são amigos, mas não podem abusar dessa amizade e deve sempre haver respeito profissional.

Neste sentido, o líder também deve  estar atento à carreira de seus liderados, apoiando-os a fazerem cursos e aprimorarem suas habilidades.

Também o líder precisa estar aberto a receber feedback

E mais que isso, sempre pedir feedback de seus liderados, o líder de verdade anda junto, não está acima de ninguém.

Muitas vezes irá liderar pessoas com mais experiência e isso faz um time de sucesso, cada indivíduo contribui com o seu melhor e o líder é responsável por extrair isso.

Para exercer a liderança é preciso não esquecer que seus colaboradores formam o ativo mais valioso da organização e que seu papel é manter as pessoas dispostas a te seguirem e a trabalharem em equipe.

Continue lendo sobre liderança ;)

Cadastre seu e-email e receba nossos artigos. Milhares de pessoas já estão recebendo, não fique de fora!!

Mario Cesar Massaro Rivera

Sócio na Amber Sistemas e fundador do blog startando-se onde fala sobre empreendedorismo, produtividade e liderança, com o objetivo de ajudar e inspirar pessoas.

Website: